As Piapara GIGANTES do Rio Parana.

Final de semana de frio em Panorama. Mesmo assim, nas poucas saídas para o rio, as gigantes piaparas do Paranazão não demoram a aparecer. É só ter paciência e curtir a paisagem que elas aparecem, com toda sua beleza prateada e sua fama de briguenta. Teimam em querer ficar no rio. Tem que
ser paciente e valente para poder tira-las da água.
Diz seu Armando (conhecido como “Baxinho”):

“…Não tem coisa mais gostosa que fisgar uma piapara, ela é valente e briga bastante. Se não tiver bem “traiado”, ela não vem mesmo. Já perdi muito anzol na boca destes gigantes
Como se diz: “traia” é o equipamento de pesca que você leva pro rio. Portanto “traidado” quer dizer bem equipado; linha e anzol bom e uma vara que agüente as envergadas da piapara.
É assim que se diverte em uma pescaria sadia, dar chance ao peixe, permitir uma briga justa em busca dos maiores. Estar preparado para perder para o peixe e ainda assim ficar feliz; ter historia para contar.

O maior eu perdi:” Diz o pescador Armando.

Não importa; o importante é respeitar as regras, afinal estes ai com certeza estavam na medida mínima de 40cm para piau/piapara, como diz as regras da bacia do Parana.

________________________________________________________
Localização: Rio Paraná (Pontal do Paranapanema)
Cidade: Panorama/ SP
Local da Foto: Longitude: 21°27’49.83″S e latitude: 51°55’23.03″O
________________________________________________________
Conheça o piau/piapara:

Fonte: http://www.ibama.gov.br/pesca-amadora/areas-tematicas/agua-doce/piapara/

Nome Popular:

Piapara, Piau

Nome Científico:

Leporinus obtusidens

Família:

Anostomidae
Iscas:

A espécie é capturada exclusivamente com iscas naturais como, por exemplo, milho verde ou azedo, bolinhas de massa, caramujo etc.

Dicas:
Para se ter sucesso na pesca da piapara, é necessário alguma experiência. O peixe costuma pegar a isca com suavidade e acomodá-la na boca antes de correr. Se o pescador ficar afobado vai perdê-lo. Para realizar uma boa pescaria é preciso fazer uma ceva com milho ou massa de farinha para reunir os peixes no local onde se pretende pescar. Na pesca embarcada, o uso de um canhão é muito útil para manter os peixes nas proximidades.

Deixe seu comentário aqui.